no comments

“Pobre pai que ainda conseguiu tocar nas mãos do Julen”, revelou amigo próximo da família

José e Victoria, ambos os pais dos meninos, vivem em angústia cada segundo em que não há novidades do seu filho que se encontra no fundo de um poço com mais de cem metros de profundidade.

Um amigo próximo dos pais, revelou que foi o próprio pai que viu Julen cair, mas que não conseguiu evitar a queda do menino de dois anos.

Ao El Espanhol, o amigo contou que “O menino caiu de pé, com os braços para cima. Foi o pai dele que o viu cair, tentou agarrá-lo, mas não conseguiu fazer nada. O menino deslizou pelo poço. Pobre Jose que ainda conseguiu tocar nas mãos do menino”

O amigo dos pais preferiu ficar em anonimato, no entanto adiantou ainda que os pais estão gratos por todos os esforços que se uniram para encontrar o seu filho.

Relembre-se que Julen caiu, este domingo, dia 13 de janeiro, num poço com mais de 100 metros de profundidade e 25 de diâmetro, em Málaga, Espanha.

Gostou do artigo?

Loading...

Reply